NOSSA HISTÓRIA

Na essência do pensamento acerca das principais questões com que se defrontam todos os educadores do mundo de hoje, evidencia-se a palavra "História". Essa enraizou-se de tal forma no universo da cultura humana que se torna impossível desvinculá-la de qualquer discurso advindo de uma pedagogia progressista. Por essa razão, em especial, temos o prazer de contar a história do Colégio Kennedy.




Tudo começou com os ideais de seu fundador, o então Padre Antônio Henriques de Albuquerque, que sempre acreditou ser de nossa responsabilidade, hoje, o destino da humanidade. As raízes dessa história nos levam ao dia 04 de março de 1964, quando a população de Carneirinhos recebeu carinhosamente o "Ginásio Moderno Kennedy" como uma "recém-escola?? que prometia abrir novos horizontes ao município de João Monlevade, garantindo uma educação sempre voltada para a paz e para a sabedoria das gerações vindouras. Neste mesmo ano, no mês de abril, o prédio contava com somente três salas de aula, uma sala de professores, uma diretoria e oito instalações sanitárias.Treze anos mais tarde, enquanto no colégio, giz, lápis e papel persistentemente trabalhavam, tijolo, cimento e telhado lhe davam novas formas, novos tamanhos. Nessa época, já com 27 salas de aula, três oficinas, uma sala de mecanografia, uma biblioteca e um escritório modelo, o "templo azul" se destacava cada vez mais no cenário da educação monlevadense e de toda região.

Em 1973, começaram a funcionar os cursos técnicos Industriais de Eletrônica e de Eletrotécnica. Em 1977, foi implantado o curso de Mecânica.
Assim continua uma história que não para, uma vez que busca no novo as sementes para germinar o que de antigo e atual é saudável e engrandecedor.

A "história" que o Colégio Kennedy tece não é a do poder, mas, sobretudo, da sabedoria!!
Continuamos Renovando nossos sonhos
Assim chegamos aos anos 90. A vivacidade e a alegria demonstrada pelo Colégio Kennedy percorrem o tempo naturalmente, assim como a dança das águas que deslizam cumprindo o seu destino. Novas propostas surgiram: na era da Informática, necessário se fez implantar o curso de Microinformática, Processamento de Dados aliado à Contabilidade, Ensino Médio Comum Geral (antigo Científico) e renovação do curso de Eletrônica. Em 1993, o Colégio Kennedy fez parceria com o Grupo Educare/Promove para enfrentar os novos tempos.

E, em 1997, o Colégio Kennedy passou a pertencer à Rede Pitágoras, juntamente com mais de cem escolas em todo o país. Em 2001, o Colégio Kennedy dá um dos seus mais importantes saltos: a implantação da Faculdade Kennedy, com o curso na área de Computação intitulado Sistemas de Informação.
A implantação desse curso possibilitou à população de João Monlevade e região acesso a um curso moderno, dinâmico, que forma um dos profissionais mais requisitados do mercado.

O Colégio Kennedy, hoje, conta com a Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Comum Geral, Cursos Profissionalizantes de Eletrônica, Microinformática, Processamento de Dados e a Faculdade de Bacharelado em Sistemas de Informação. O Colégio e Faculdade Kennedy, integrado à Rede Pitágoras de Ensino, continua reconhecendo que seu aluno necessita crer, criar e viver. Assim sendo, torna-se imprescindível a construção de novas ferramentas, suportes capazes de alicerçar a coragem para que transponha os limites destes verbos, muitas vezes impostos pela própria sociedade à qual pertencemos. Nos projetos que tecemos dia a dia, vemos que a luta em busca da harmonia e de uma perfeita interação entre realidade e escola ganha resultados satisfatórios. Como exemplo, a Feira de Cultura que vêm acontecendo há oito anos, a Festas da Família, um verdadeiro encontro com a comunidade escolar, a Feira Literária e tantos outros eventos, a parceria com uma educação de qualidade reconhecida nacionalmente e o constante esforço em vencer obstáculos, mesmo esbarrando na crise dos valores tão presente em nossa sociedade atual. Já que, para educar, o educador deve educar-se, a preocupação da Rede Pitágoras com o aperfeiçoamento dos educadores é enorme. São realizados Encontros Regionais, Cursos Modulares, Congressos Nacionais, além do contato com autores da Coleção Pitágoras. O presente para nós não é apenas o passo que o amanhã alcançou, mas também o princípio do futuro... um futuro tão próximo que já começou!

Permaneceremos Reconstruindo o Amanhã.
A idéia de entrar para o futuro preparado para o embarque e levando na bagagem o espelho que reflete a imagem de nossa história faz-nos sorrir diante do desconhecido, leva-nos a contemplar e amar o amanhã, pois o que virá está seguro, atrelado a nosso presente. E, assim, vamos todos nós, habitantes desta "casa azulada" rumo ao futuro.

Recebemos uma lição de vida e amor ao caminhar em seus corredores, podendo balbuciar, sempre: lar, doce lar Kennedyano.

Maria Gláuca Drumond de Alvarenga

 

Fonte:  Colégio e Faculdade Kennedy

 


 

 

«
NOTÍCIAS

Colégio e Faculdade Kennedy - Desde 1964 © Copyright.